Odontopediatria

A medicina odontopediatrica deve ser operativa a partir dos dois anos, ou seja aos dois anos a criança já tem capacidade para entender uma explicação do que são os dentes e para que servem. Ajudada pelo pediatra e pelos pais a criança pode encarar a consulta de odontopediatria como uma consulta de rotina e de necessidade.

O odontopediatra / médico dentista generalista iniciará a consulta de mentalização e consciencialização da necessidade da escovagem dos dentes e gengivas.

Quando a dentição caduca estiver completa por volta dos 36 meses poderá, se o médico dentista prever risco de cáries, proceder ao selamento dos dentes.

Sou da opinião que senão houver este risco, não se devem fazer selamentos. Se o selamento não for bem feito pode deixar pequenas fissuras que não fazem mais do que retenção de placa bacteriana e consequentemente o aparecimento de cáries.

O critério terá de ser do médico dentista que deverá ponderar os riscos.

A consulta da criança deverá ser constante, para ensinar não só à criança como aos pais ou educadores, motivando-os para os cuidados profiláticos de higiene, a substituição dos dentes de leite pelos dentes definitivos, as anomalias dento faciais e a sua necessidade de correcção.

Uma observação e vigilância atenta na fase de crescimento e evolução dentária da criança pode salvaguardar anomalias futuras por vezes difíceis de corrigir ou debelar.

Dr. Olivio Dias
Dra. Marta Dias