Odontologia – Tabaco ou Saúde Oral

A nicotina é uma substância incolor hidrossolúvel, alcalóide, potencialmente tóxica encontrada no tabaco e classificada como insecticida (The Random House – dicionário de língua inglesa).

Tabagismo é a segunda maior causa de morte no mundo (4,9 milhões de pessoas/ano).
Prevê-se um aumento para 10 milhões de mortes no ano 2020, a miaor parte nos países em desenvolvimento.
Tabagismo e a sua relação com as doenças da cavidade oral contribui significativamente para o peso global deste tipo de doenças.

Tabaco e Doenças da mucosa Oral

O fumo do tabaco está relacionado com diversas transformações na mucosa oral e tem um efeito carcinogénico directo nas células epiteliais, e é o principal factor de risco de cancro oral.
A Leucoplasia é 6 vezes mais elevada nos fumadores.

Doenças Periodontais

Há uma relação directa entre tabagismo e gravidade de doença periodontal (perda de gengiva, osso e existência de bolsas periodontais).
Dependente da quantidade de tabaco consumido.
Fumadores apresentam baixas taxas de sucesso de tratamento periodontal.

Cicatrização de Feridas

O tabaco como vasoconstritor periférico afecta a velocidade de cicatrização das feridas.
Os fumadores apresentam cicatrização mais lenta. A não formação de coágulo após extracção dentária é mais frequente nos fumadores.

Implantes dentários

O tabaco compromete a curto e a longo prazo o sucesso dos implantes dentários.
O tabaco é dos factores mais significativos para rejeição implantária (duplicação do risco).

Olfacto e gosto

Tabagismo afecta estes dois sentidos.
Factor etiológico de halitose.

Estética

As manchas provocadas pelo tabaco podem atravessar o esmalte, amálgamas e próteses dentárias, alterando a cor.

Tabaco ou Saúde Oral OMS e a luta contra Tabaco

A Epidemia do Tabaco
É actualmente umas das maiores ameaças globais à saúde. Aproximadamente 1/3 da população mundial adulta consome tabaco, metade morrerá prematuramente. Tabagismo é mais frequente em classes baixas e média. A indústria tabaqueira faz do seu público-alvo os jovens.

Devido ao longo período entre o início do hábito e o aparecimento de doenças e mortes, os efeitos da globalização do comércio do tabaco e as crescentes taxas de consumo nos países em desenvolvimento, serão sentidos nas próximas décadas.

Dr. Olívio Dias
Dr.ª Marta Dias